Entrada > I&D+i > Projetos Financiados > Neurodevelopmental correlates of implicit-explicit learning mechanisms in children with Specific Language Impairment: Evidence from Event-Related Brain Potentials (PTDC/PSI-ESP/28212/2017)

Neurodevelopmental correlates of implicit-explicit learning mechanisms in children with Specific Language Impairment: Evidence from Event-Related Brain Potentials (PTDC/PSI-ESP/28212/2017)

Título: Neurodevelopmental correlates of implicit-explicit learning mechanisms in children with Specific Language Impairment: Evidence from Event-Related Brain Potentials / Correlatos Neurodesenvolvimentais dos Mecanismos implícitos-explícitos de Aprendizagem em crianças com Perturbação Específica de Linguagem: evidência com potenciais evocados cerebrais

 

Designação do Projeto: Neurodevelopmental correlates of implicit-explicit learning mechanisms in children with Specific Language Impairment: Evidence from Event-Related Brain Potentials / Correlatos Neurodesenvolvimentais dos Mecanismos implícitos-explícitos de Aprendizagem em crianças com Perturbação Específica de Linguagem: evidência com potenciais evocados cerebrais (PTDC/PSI-ESP/28212/2017), financiamento aprovado pela Comissão Diretiva do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização em 2018-02-17, na sua componente FEDER, pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P. e homologada pela Tutela, na sua componente nacional. O período de execução do projeto decorre entre 2018-06-01 e 2022-05-31 (prazo prolongado, devido à situação pandémica).

 

Objetivo: conhecer o papel que défices nos mecanismos implícitos de aprendizagem assumem na etiologia da Perturbação do Desenvolvimento da Linguagem (PDL) em crianças portuguesas em idade pré-escolar e analisar o seu impacto na aprendizagem de leitura e/ou escrita aquando da sua entrada na escolaridade obrigatória.

 

Montante do financiamento:

 Parceiro

 NIF

Financiamento FEDER

Financiamento do Orçamento do Estado

 Total

Instituto Politécnico do Porto

503606251

 




192.308,78 €




33.936,84 €




226.245,62 €

Universidade do Minho

502011378

 

Universidade de Aveiro

501461108

 

 

 

Breve descrição:

Seis por cento das crianças apresentam perturbações da linguagem sem razão aparente, que se traduzem em dificuldades em aprender a ler e escrever quando entram para a escola. Este projeto nacional visa criar estratégias de diagnóstico e de intervenção mais eficazes.

Com a participação de três instituições do ensino superior, o trabalho vai traçar o perfil neurocognitivo, no nosso país, das crianças com Perturbação do Desenvolvimento da Linguagem, também conhecida como Perturbação Específica da Linguagem. Para isso, irá avaliar cerca de cem crianças em idade pré-escolar.

Um dos objetivos é ajudar a criar estratégias de diagnóstico e de intervenção mais eficazes e evitar que estas crianças desenvolvam Dislexia Desenvolvimental no momento da entrada na escolaridade, como acontece em cerca de metade dos casos.

É também objetivo o contribuir para um conhecimento aprofundado da Perturbação do Desenvolvimento da Linguagem, identificando os marcadores eletrofisiológicos (p.e.: N100, N200 e N400) que podem ajudar a identificar de forma atempada as crianças que vão apresentar dificuldades severas a nível escolar.

 

 

Parceiros:

ESS – IPP

Universidade do Minho  

Universidade de Aveiro

 

Responsável do Projeto:

Ana Paula Soares (UM)

Marisa Lousada (UA)

Ana Sucena (ESS)

David Tomé (ESS)