Entrada > cursos > Doutoramentos > Programa Doutoral em Biotecnologia Avançada em convénio com UVIGO e UDC

Programa Doutoral em Biotecnologia Avançada em convénio com UVIGO e UDC

O programa de doutoramento interuniversitário em Biotecnologia Avançada (DBA) resulta de uma parceria da Universidade de Vigo (UVIGO) e da Universidade da Corunha (UDC), em resposta à demanda crescente profissionais habilitados a trabalhar nesta área. A Biotecnologia, sendo uma das áreas de mais rápido crescimento, tem gerado inúmeras novas pequenas e médias empresas, nos últimos anos, em todo o mundo. Na Galiza e em Portugal este crescimento tem sido notório. Assim, o consórcio formado por UVIGO e UDC inicia em 2013/2014 o DBA na Galiza, tendo a UVIGO como entidade gestora. Em Portugal inicia-se no Instituto Politécnico do Porto (IPP), em 2013/2014, um mestrado em Bioquímica em Saúde (MBS), com um ramo de especialização em Biotecnologia motivado pelas mesmas forças motrizes que levaram à criação do DBA. Assim, fruto de esforços e parcerias comuns, inicia-se em 2014 uma parceria entre investigadores da DBA-UVIGO e do MBS-IPP nos domínios de especialização da biotecnologia aplicada às ciências da saúde. Esta parceria é formalizada em 2015 com a criação de vagas específicas do DBA para o IPP, a iniciar no ano letivo de 2015/2016.

O DBA fornece um ambiente científico, académico e cultural que permite o desenvolvimento de competências em áreas avançadas da Biotecnologia.

A biotecnologia é uma vasta área de conhecimento que utiliza os processos biológicos, biomoléculas, células, componentes celulares e organismos para desenvolver novas tecnologias. Os produtos e novas ferramentas, desenvolvidas por biotecnólogos são úteis na investigação, na saúde, na indústria, no ambiente e na agricultura, entre outros.

A área da Biotecnologia tem tido extraordinários desenvolvimentos nomeadamente por avanços no campo da Bioquímica, Biologia Molecular, Biologia de Sistemas e das Ómicas, Bioinformática e da Modelação Molecular, da Ciência de Polímeros e de Biomateriais, da Biocatálise, da Ciência dos Alimentos, dos Bioprocessos e dos Biorreatores que ajudaram a promover, sobretudo as áreas da Medicina, do Ambiente e da Bioindústria. Estes avanços contribuíram em particular com novas tecnologias em áreas como a Medicina Regenerativa e das Células Estaminais, o Diagnóstico Clínico, a Terapêutica, a Nanobiotecnologia, a Química e Desenvolvimento de Fármacos, a Industria Farmacêutica, a Agroindústria, a Industria Alimentar, a Proteção Ambiental e o Bioempreendedorismo.

 

 

Objetivos


O DBA tem como finalidade formar profissionais e investigadores em diferentes áreas da investigação biotecnológica e constituir uma oferta de estudos de doutoramento competitiva, homogénea, bem estruturada e de qualidade. O objetivo é preparar estudantes para que sejam capazes de iniciar e completar uma formação teórica e metodológica no campo multidisciplinar da Biotecnologia, que se materialize na elaboração e defesa pública de uma tese doutoral complexa, original e inovadora.

 

Linhas de investigação

 

  1. Tratamento e biotransformação de efluentes industriais (águas, gases) em bioprodutos (UDC)
  2. Gestão e tratamento de resíduos orgânicos. Compostagem, minimização de resíduos e tecnologias limpas (UDC)
  3. Biobancos (UDC)
  4. Busca, expressão, produção e engenharia de proteínas com aplicações biotecnológicas (UDC)
  5. Tratamento biotecnológico de resíduos industriais (UDC)
  6. Mecanismos fisiológicos da resistência a doenças e desenvolvimento de plantas (UDC)
  7. Estudo de compostos nutricêuticos em culturas hortícolas (UDC)
  8. Biologia de sistemas (UDC)
  9. Investigação interdisciplinar relacionada com o controle de qualidade e avaliação de características físico-químicas de combustíveis e lubrificantes (UDC)
  10. Aplicação da gestão da qualidade total e prevenção de riscos de diferentes âmbitos (UDC)
  11. Desenvolvimento e utilização de marcadores moleculares e estudos cromossómicos para análise de populações (UDC)
  12. Reconstrução de genealogias e filogenias (UDC)
  13. Biotecnologia Microbiana (UVIGO)
  14. Biotecnologia Vegetal (UVIGO)
  15. Biotecnologia da Saúde (UVIGO)
  16. Bioprocessos aplicados à química verde e ao meio ambiente (UVIGO)
  17. Ferramentas para análise e confirmação de compostos químicos de interesse biotecnológico (UVIGO)
  18. Bioeletroanálise: elétrodos modificados, bionanotecnologia e aplicações (UVIGO)
  19. Obtenção de novos compostos e nanomateriais com aplicação a nível biológico (UVIGO)

 

 

Destinatários

Mestres em Bioquímica em Saúde pelo IPP ou candidatos de outras áreas consideradas afim pela Comissão de Pré-Seleção e Acompanhamento IPP (CPA-IPP), respeitando os requisitos de acesso e os critérios de seleção.

Comissão de Pré-Selecção e Acompanhamento IPP (CPA-IPP)

Coordenadora - Doutora Cristina Prudêncio (Professora Coordenadora com Agregação)

  • Doutora Mónica Vieira (Professora Adjunta)
  • Doutor Ricardo Ferraz (Professor Adjunto)    
  • Doutor Rúben Fernandes (Professor Adjunto)

 

Saídas Profissionais


Os doutores em Biotecnologia Avançada estão preparados para a realização de investigação científica, ensino e formação e desenvolvimento tecnológico na área da Biotecnologia.


Coordenadora

Professora Doutora Carmen Sieiro (Professora Catedrática da Universidade do Vigo)

Grau Conferido
Doutor


Duração da Formação
8 semestres – 240 ECTS

 

Candidaturas 17-18
Processo de candidatura e matrícula (.pdf)
 


Prazos e Propinas 17-18
Prazos académicos e Propinas (.pdf)
 

Contactos
Ciências Químicas e das Biomoléculas -