Entrada > Notícias > AT’HOME: Formação e partilha de conhecimento na ESS

AT’HOME: Formação e partilha de conhecimento na ESS

Eventos

Quando

07 > 12.05.2018 · 00:00 > 00:05

Onde

Escola Superior de Saúde

Adicionar evento ao calendário

De 7 a 11 de Maio vai decorrer na ESS-IPP um encontro de equipas de trabalho, do projeto europeu At’Home. Estas equipas multinacionais e multidisciplinares incluem fisioterapeutas, enfermeiros, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais e ajudantes de ação direta de cuidados domiciliários bem como estudantes, das seguintes instituições parceiras: IRFSS Aquitaine (França), coordenadora do projeto, AMSADHD (França), IPP- ESS/ISEP e ODPS (Portugal), UPNA (Espanha), e CFS e PLS (Bélgica).


Os principais vetores deste projeto são o desenvolvimento de ferramentas de apoio para os cuidadores profissionais e informais, favorecendo a cooperação entre os vários intervenientes na prestação de cuidados domiciliários à pessoa idosa, diminuindo assim a necessidade de internamento ou institucionalização.

O At’Home, coordenado no IPP pelo Prof. Doutor Rui Macedo, conta nesta atividade organizada pelas Profª Doutoras Ana Alexandrino, Claudia Silva, Christine Cunha, com a colaboração das Profª Doutoras Andreia Noites e Cristina Melo e do Prof. Doutor Tiago Coelho e com o contributo das estudantes Ana Raquel Santos e Rita Machado, e do Prof Doutor Luíz Felipe de Faria do ISEP-IPP.

Neste encontro, os cerca de 30 participantes analisarão e discutirão o quadro de competências transversais das Ajudantes de ação direta de cuidados domiciliários dos vários países, por forma a desenvolver cenários comuns, que possam ser usados para a co-criaçao de produções intelectuais, como vídeos promocionais, tutoriais, MOOCs e uma aplicação telefónica, que facilitarão a prestação de cuidados domiciliários à pessoa idosa. 


Mais informações sobre o Projeto At'Home:

A ESS - Escola Superior de Saúde do P.Porto, é um dos 7 parceiros europeus envolvidos no projeto AT’HOME, que tem por objetivo desenvolver abordagens interprofissionais inovadoras que possibilitem manter em casa as pessoas idosas necessitadas de cuidados. Esta parceria financiada pelo programa Erasmus+, terá uma duração aproximada de 2 anos, teve início em setembro de 2017 e tem um financiamento total de 325 mil euros.

Este projeto, cuja coordenação na ESS – P.Porto, está a cargo do Prof. Rui Macedo, foi um dos 25 selecionados pelo programa Erasmus+, em 92 candidaturas, com uma pontuação de 91/100, sendo o 2º melhor classificado.

Participam no projeto 7 organizações com áreas de especialização específicas e complementares de 4 países europeus:

• 2 estruturas que empregam ajudantes domésticos, o AMSADHG - Association de Maintien et de Soins à Domicile de la Haute Gironde em França e a ODPS - Obra Diocesana de Proteção Social em Portugal;

• 2 instituições de formação de cuidadores domiciliários, CFS - Collectif Formation Société na Bélgica e IRFSS AQ – Institut de Formation Croix Rouge Aquitaine na França;

• 3 instituições de ensino superior que oferecem formação paramédica e social, UPNA – Universidad Publica de Navarra em Espanha, IRFSS Aquitaine em França e IPP. ESS – Escola Superior de Saúde em Portugal;

• um Think Tank, PLS – Pour la Solidarité, especialista europeu em questões sociais e solidária na Bélgica.

 

São 2 os objetivos gerais de trabalho para este projeto: 

1- Permitir que Auxiliares Domésticos adquiram uma formação válida em cada um dos países envolvidos no projeto e transferível para além desses países; 

2- Desenvolver a interação e cooperação entre os diferentes intervenientes nos cuidados domiciliários, em benefício do bem-estar da pessoa idosa.

 

As instituições envolvidas trabalham em parceria, no sentido de conceber produções intelectuais, que permitirão aos candidatos a emprego ou assistentes domésticos que trabalhem nos quatro países parceiros (França, Bélgica, Portugal e Espanha) validar um conjunto de competências básicas específicas para os cuidadores ao domicílio. 

Esses produtos são: 

- Um filme institucional que apresenta a profissão de auxiliar domiciliar, de forma a promover esta profissão e torná-la atraente; 

- Um MOOC e tutoriais para facilitar a aquisição das competências transversais à profissão; 

- Uma aplicação telefónica, para garantir uma melhor transmissão de informações entre todos os intervenientes nos cuidados domiciliários

 

Podem saber mais nos endereços abaixo:

http://www.projetathome.com/en/home_en/ 

https://www.facebook.com/athome2017/

+ Informações

Autor

arpl

Partilhar