Entrada > Investigação > Centros de Investigação > CIR - Centro de Investigação em Reabilitação > Centro de Investigação em Reabilitação - Development of technologies for stroke rehabilitation assisting (DETECT)

Centro de Investigação em Reabilitação - Development of technologies for stroke rehabilitation assisting (DETECT)

Investigadores: Rubim Santos, Andreia S. P. Sousa, Augusta Silva, Cristina Melo, Cláudia Silva, Rita Pinheiro, Rui Macedo, Lino Figueiredo, Constantino Martins, Carlos Martins, Renato Nunes
Instituições: Escola Superior de Saúde do Porto, Instituto Politécnico do Porto, Instituto Superior de Engenharia do Porto, Santa Casa da Misericórdia (Centro de Reabilitação do Norte), Instituto Politécnico do Castelo Branco
Financiamento: 149 447.73 Euros
Entidade financiadora: Portugal 2020
Situação: Em fase de aprovação

 

Resumo:

A recuperação da marcha em pacientes com história de acidente vascular cerebral (AVC) constitui um objetivo primário da reabilitação. O projeto DETECT tem como propósito desenvolver ferramentas de apoio à decisão na reabilitação de pacientes pós AVC, baseada numa abordagem da disfunção bilateral do controlo motor para a recuperação da marcha. O sistema será constituído por um protótipo laboratorial que permita avaliar monitorizar quantitativamente componentes chave do controlo motor que refletem a disfunção de cada membro que condiciona a recuperação da marcha. O Consorcio em copromoção com o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), Instituto Superior de Engenharia (ISEP) e Centro de Reabilitação do Norte (CRN) é liderado pelo P. Porto que tem contribuído para a implementação desta abordagem de reabilitação do paciente com AVC através de produção científica, experiência clínica e especialização na produção de sensores de sinais biológicos.


voltar