Entrada > Investigação > Centros de Investigação > CEMAH - Centro de Estudos do Movimento e Atividade Humana > Estudo do tipo de pitões e a predisposição para entorses da tibiotársica em piso sintético de terceira geração

Estudo do tipo de pitões e a predisposição para entorses da tibiotársica em piso sintético de terceira geração

Investigadores: Rubim Santos, Diogo C. F. Silva, Andreia S. P. Sousa, Rui Macedo, António Mesquita Montes

Instituições: Escola Superior de Saúde do Porto, Instituto Politécnico do Porto, Adidas Portugal e RED-relvados e equipamentos desportivos

Financiamento: 7,000.00 Euros

Entidade financiadora: Adidas Portugal e RED-relvados e equipamentos desportivos

Sumário:

No futebol, a entorse lateral do tornozelo (ELT) destaca-se como sendo a lesão mais prevalente, justificada muitas vezes pela variedade de chuteiras disponíveis no mercado e pela crescente utilização de relvados sintéticos. A crescente utilização de relvados sintéticos a nível internacional torna a escolha de calçado adequado a este tipo de piso muito importante na vertente desportiva. Esta importância emerge do ponto de vista de desempenho desportivo, mas também do ponto de vista de risco de lesão. De fato, a interação entre o terreno e o calçado tem assumido elevada relevância como potencial fator de risco para a ELT. Este projeto tem como objetivo avaliar a influência de diferentes modelos de chuteiras em diferentes variáveis biomecânicas que se relacionam com o risco de lesão ligamentar. Os resultados obtidos neste projeto permitirão definir a opção mais segura do ponto de vista de chuteiras para o contexto desportivo.

voltar