Entrada > cursos > Técnicos Superiores Profissionais > Curso Técnico Superior Profissional - Controlo e Qualidade Alimentar

Curso Técnico Superior Profissional - Controlo e Qualidade Alimentar

Apresentação do curso

O sector Alimentar representa uma área comercial de grande importância, diversificada e abrangente, desde a produção à distribuição e comercialização dos produtos alimentares. Apesar da regulamentação legal rigorosa associada ao sector existem vários fatores que intervêm na qualidade e segurança dos alimentos produzidos e comercializados, exigindo uma estrutura técnica e operacional que responda nas diferentes cadeias/fases a um objetivo comum, garantir a qualidade e segurança alimentar ao consumidor final. A implementação de sistemas de garantia da qualidade e da segurança, de grande exigência na indústria, e aplicável a toda a cadeia, permite a sistematização da informação ao nível do planeamento, atuação, verificação e atuação levando e uma necessidade de recursos técnico e humanos a vários níveis.  Assim, a evidência sustenta a necessidade de formar todos os intervenientes da cadeia alimentar, especialmente em etapas decisivas e com impacto na qualidade e segurança dos géneros alimentícios, prevenindo falhas/não conformidades do sistema, o controlo das operações, a deteção atempada de contaminantes, entre outros, evitando riscos, promovendo a rastreabilidade e o controlo ao longo da cadeia alimentar.

O Técnico de Controlo e Qualidade Alimentar é o profissional qualificado para executar, acompanhar e supervisionar as atividades e operações ligadas à produção e controlo de qualidade dos géneros alimentícios frescos e transformados, assim como, durante a distribuição e comercialização de alimentos, de acordo com os referenciais de qualidade e segurança alimentar e certificação aplicáveis ao sector, contribuindo ativamente para o sistema de controlo e gestão da segurança alimentar.

Atividades Principais

    1. Assegurar a qualidade e a segurança em processos de produção, transformação e conservação de produtos alimentares;
    2. Implementar as regras básicas de higiene e de segurança na produção, distribuição e venda alimentos;
    3. Inspecionar produtos e controlar processos de fabrico ou serviços, de forma a verificar a sua conformidade com as normas de qualidade e de segurança, assim como, as disposições legais, profissionais e comerciais;
    4. Verificar a aplicação das normas e disposições legais definidas na receção, produção, embalamento, acondicionamento, armazenamento, distribuição e transporte;
    5. Aplicar técnicas e métodos analíticos e estatísticos no controlo de qualidade dos géneros alimentícios frescos e transformados, considerando os aspetos da análise sensorial, microbiológicos, físico-químicos, nutricional e legal;
    6. Realizar determinações analíticas de parâmetros de controlo de qualidade nas áreas alimentares;
    7. Avaliar a frequência e a importância das ‘não conformidades’ num sistema de gestão de qualidade alimentar;
    8. Planear e acompanhar a manutenção de equipamentos na indústria alimentar ou em serviços alimentares;
    9. Planear e acompanhar auditorias de verificação das boas práticas de higiene e de fabrico;
    10. Conceber e implementar sistemas de controlo e de gestão da segurança alimentar;
    11. Implementar estratégias de melhoria, tendo como principal objetivo a qualidade dos produtos alimentares, a certificação, comercialização e marketing.

     

    Regime de estudos

    Diurno 

    Área CNAEF

    421 - Biologia e bioquímica

    Registo inicial

    Número: R/Cr 39/2021 de 04-06-2021

    Plano de Estudos

     

    1º ano

    Unidade Curricular

     

    Período

     

    ECTS

    Biologia e Química 1º Semestre 5.0
    Matemática e Estatística Aplicada 1º Semestre 5.0
    Inglês Técnico 1º Semestre 3.0
    Salubridade dos Alimentos 1º Semestre 5.5
    Gestão da Qualidade 1º Semestre 5.0
    Controlo de Qualidade Alimentar I 1º Semestre 7.5
    Gestão de Stocks                            2º Semestre 3.5
    Processamento e Tecnologia alimentar 2º Semestre 5.0
    Ferramentas em Qualidade alimentar 2º Semestre 6.5
    Microbiologia e Toxicologia Alimentar 2º Semestre

    7.0

    Proteção Ambiental 2º Semestre

    5.0

     

    2º ano

    Unidade Curricular

     

    Período

     

    ECTS

    Manutenção e Segurança Equipamentos e Máquinas 1º Semestre 5.0
    Rotulagem e Embalagem 1º Semestre 3.0
    Controlo de Qualidade alimentar II 1º Semestre 7.5
    Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar 1º Semestre 6.0
    Gestão de Resíduos e da Sustentabilidade 1º Semestre 3.0
    Segurança e Saúde no Trabalho e Emergência 1º Semestre 5.5
    Estágio 2º Semestre 30.0

     

    Saídas Profissionais

    • Grandes superfícies comerciais de géneros alimentícios (Hipermercados);
    • Mercados Abastecedores;
    • Unidades Agroindustriais;
    • Empresas agroindustriais (leite e laticínios, carnes, vinicultura, pescado);
    • Empresas hortofrutícolas;
    • Panificação e Pastelaria, Laboratórios de análise de alimentos, de águas e embalagens;
    • Organismos de Controlo e Certificação de Produtos Alimentares, Organizações de agricultores (ex: Cooperativas);
    • Empresas ligadas ao setor secundário e setor terciário. 

    Acesso

    Nos termos do artigo 9º do Decreto-Lei no 43/2014, de 18 de março, das alterações legislativas introduzidas pelo Decreto-Lei no 63/2016 de 13 de setembro e pelo Decreto-Lei 65/2018 de 16 de agosto de 2018, e do artigo 13o do Regulamento dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais do Instituto Politécnico do Porto, publicado pelo Despacho no 8633/2017 de 29 de setembro de 2017, o Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Saúde, do Instituto Politécnico do Porto, estabelece que estão em condições de ingressar no curso Técnico Superior Profissional em Técnico em Controlo e Qualidade Alimentar, os candidatos que satisfaçam as condições a seguir estabelecidas.

    1. Se encontrem em pelo menos uma das seguintes situações:

    1.1 Serem titulares de um curso do ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente que comprovem ter tido aproveitamento na unidade curricular de Biologia e Geologia, Matemática, Físico-Química ou Português;

    1.2 Terem sido aprovados nas provas especialmente destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei no 64/2006, de 21 de março;

    1.3 Serem titulares de um diploma de especialização tecnológica ou de um diploma de técnico superior profissional que contemple, no seu plano de estudos, a área de estudos relevante em Qualidade Alimentar, Segurança Alimentar, Gestão da Segurança Alimentar ou Saúde;

    1.4 Serem titulares de um grau de ensino superior, sendo, no caso do grau de licenciatura, obtido através de um curso em que o ingresso possa ser feito através da realização da prova específica de Biologia e Geologia, Matemática, Físico-Química ou Português.